Locutor morre de forma brutal após se recusar a dar R$ 2 para assaltante


Naldo Trindade, locutor que estava internado no Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (HCAL), faleceu na última quinta-feira (30/5) após ser espancado por não entregar R$ 2 a um assaltante. O incidente ocorreu em Vitória do Jari, no Amapá, em 12 de maio.

Após ser agredido com pedaços de madeira, Naldo piorou e foi transferido para o município de Macapá no mesmo dia. Posteriormente, ele foi encaminhado ao HCAL.

O suspeito, que havia sido preso por tentativa de homicídio na época do crime, agora enfrenta acusação de homicídio consumado devido à morte de Naldo. As informações são do G1.

De acordo com o delegado Juliano Martínez Pérez, da Polícia Civil, o crime foi qualificado como motivo fútil e impossibilitou a defesa da vítima.

“Antes da evolução para o resultado fatal, esse entendimento já estava presente. Agora, após a confirmação da morte, solicitei o exame necroscópico e prepararei um relatório complementar para o Poder Judiciário”, afirmou o policial.

O suspeito, acusado de matar o locutor, havia sido julgado em 13 de maio e recebeu liberdade provisória.

O prefeito de Vitória do Jari, Ary Duarta (DEM), expressou sua tristeza pela morte do amigo: “Recebo com imensa tristeza a notícia do falecimento do meu grande amigo Naldo Trindade”.

Naldo Trindade era locutor nas rádios 104 FM de Monte Dourado (PA) e Vitória FM, de Vitória do Jari.



Source link

Hot this week

Juíza federal nega indenização a filhos de Lula

A magistrada federal Rosana Ferri decidiu contra o...

BOMBA: desaprovação de Lula passa dos 70% no Centro-Oeste; VEJA NÚMEROS

De acordo com informações da CNN Brasil, uma...

Cruzeiro anuncia contratação de ídolo do Palmeiras

Em um movimento surpreendente, o Cruzeiro celebrou o...

Topics

spot_img

Related Articles

Popular Categories

spot_imgspot_img