Hillary Clinton comemora o Dia D com postagem sugerindo que Trump é comparável a Hitler – Paulo Figueiredo


Hillary Clinton marcou o 80º aniversário da operação do Dia D com uma publicação nas redes sociais que parecia retratar o ex-presidente Trump como uma ameaça à democracia, comparando-o ao ditador nazista Adolf Hitler.

Em um post no X na quinta-feira, Clinton deu a entender que a democracia está em jogo nas próximas eleições presidenciais, com o presumível candidato republicano, ex-presidente Trump, desafiando o atual presidente Biden, um democrata.

“Há oitenta anos, milhares de corajosos americanos lutaram para proteger a democracia nas praias da Normandia”, escreveu Clinton no X. “Em novembro, tudo o que precisamos fazer é votar.”

A invasão da Normandia, na França, no Dia D, em 6 de junho de 1944, é um dos momentos mais icônicos da história militar dos EUA. Foi um ponto de viragem na Segunda Guerra Mundial e o início da libertação da Europa do controle da Alemanha nazista pelas forças americanas e aliadas. A implicação da ex-candidata democrata de 2016 é que seu antigo rival, Trump, representa uma ameaça à democracia semelhante ao Terceiro Reich de Hitler, que buscava dominar o mundo por meio da conquista.

Não foi a primeira vez que Clinton comparou Trump a Hitler. Em uma postagem de 21 de maio no X, ela chamou Trump de “Grifter Hitler” e compartilhou um artigo da Associated Press sobre um vídeo postado na conta Truth Social de Trump que fazia referência a um “Reich unificado” entre as manchetes hipotéticas caso ele ganhasse as eleições de novembro. A campanha de Trump disse que o vídeo foi “criado por uma conta online aleatória e reproduzido por um funcionário que claramente não viu a palavra”.

Foto – Fox News/Hannity

“Hillary Clinton é uma perdedora que esteve à frente do terrível desastre de Benghazi, que resultou na morte de americanos”, disse o porta-voz da campanha de Trump, Steven Cheung, à Fox News Digital. “Ninguém leva Hillary a sério porque está claro que ela está fazendo palhaçadas para permanecer relevante depois que o presidente Trump a derrotou em 2016.”

Os democratas e o presidente Biden têm atacado sistematicamente Trump como uma ameaça à democracia desde o ocorrido de 6 de janeiro, quando uma multidão de apoiadores de Trump marchou sobre o Capitólio dos EUA em 2021. Eles também acusaram os republicanos de agir para privar as minorias de direitos por meio de leis de identificação do eleitor, limites às cédulas por correio e outras regulamentações eleitorais que os democratas dizem que dificultam o voto.

Foto - Win McNamee/Michael M. Santiago

Trump rejeitou estes ataques, dizendo à Fox News numa entrevista recente que ele é o “oposto” de uma ameaça à democracia.



Source link

Hot this week

Opinião Folha: STF não tem interesse na milícia digital escancarada da esquerda

Foto: Reprodução/TSE. No último sábado (15), o colunista J....

A maior venda da aviação executiva já feita no Brasil: Veja quem comprou o primeiro Gulfstream G700 do país

Foto: Reprodução. A Prime You anuncia a realização do maior negócio...

Governo do DF confirma denúncia de agressão contra preso do 8/1 – Paulo Figueiredo

O governo do Distrito Federal confirmou, na noite...

Topics

spot_img

Related Articles

Popular Categories

spot_imgspot_img