Polícia Federal vai encaminhar a Argentina lista com pedidos de extradição de envolvidos no 8 de Janeiro


JOEDSON ALVES/AGENCIA BRASIL – 8/1/2023

Na próxima semana, a Polícia Federal encaminhará ao governo do presidente argentino, Javier Milei, uma lista com pedidos de extradição de indivíduos envolvidos nos atos de 8 de janeiro de 2023 que se refugiaram na Argentina. De acordo com fontes da corporação ouvidas pelo R7, essa ação será realizada com a anuência do Ministério das Relações Exteriores e do STF (Supremo Tribunal Federal).

Uma lista inicial elaborada pela corporação aponta que cerca de 65 envolvidos nos atos de vandalismo na Praça dos Três Poderes fugiram ilegalmente para a Argentina. A intenção da PF é também incluir os nomes desses investigados e foragidos em uma rede que envolve as polícias de todo o continente americano, chamada Ameripol.

No entanto, há apreensão entre os integrantes da corporação sobre a resposta que virá de Milei, uma vez que o presidente argentino é crítico de Luiz Inácio Lula da Silva. Durante a campanha eleitoral, Milei fez várias críticas ao petista, chegando a chamá-lo de “comunista” e “corrupto”.

Na última quinta-feira (6), a PF realizou uma megaoperação em 18 estados e no Distrito Federal para recapturar foragidos do 8 de Janeiro. No total, 209 pessoas estavam foragidas, acusadas de crimes como abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime e destruição de bem especialmente protegido.

A operação Lesa Pátria, que é permanente e já está em sua 27ª fase, realizou centenas de prisões de pessoas envolvidas nos atos extremistas. “Mais de duas centenas de réus, deliberadamente, descumpriram medidas cautelares judiciais ou fugiram para outros países, com o objetivo de se furtarem da aplicação da lei penal”, informou a PF.



Source link

Hot this week

Topics

spot_img

Related Articles

Popular Categories

spot_imgspot_img